Terapia da Fala

Partilhar

“O Terapeuta da Fala é o profissional de saúde responsável pela prevenção, avaliação, intervenção e estudo cientifico das perturbações da comunicação humana, englobado não só todas as funções associadas à compreensão e expressão da linguagem oral e escrita, mas também outras formas de comunicação não verbal. O Terapeuta da Fala intervém ainda, ao nível da deglutição, avalia e intervém em indivíduos de todas as idades, desde recém-nascidos a idosos, tendo por objetivo geral otimizar as capacidades de comunicação e/ou deglutição do individuo, melhorando, assim, a sua qualidade de vida” (ASHA, 2007 citado por Associação Portuguesa de Terapeuta da Fala, janeiro 2016).

Áreas de Intervenção da Terapia da Fala na Fisioterapia Oeiras:

COMUNICAÇÃO

A comunicação pode ficar condicionada tanto na criança como no adulto, muitas das vezes limitando o uso da fala como da escrita. Como forma de melhorar esta área de intervenção deve-se recorrer ao terapeuta da fala, com o intuito de formular um sistema aumentativo e/ou alternativo à comunicação. Exemplos de diagnósticos clínicos: Doenças degenerativas do sistema nervoso central, autismo, síndromes, entre outros...) 

LINGUAGEM ORAL

A linguagem é fundamental como forma de comunicação, auxiliando o ser humano nas trocas de ideias, expressões, sentimentos e na interação com o outro, assim como na aprendizagem.

A linguagem oral é constituída por 4 elementos linguísticos fundamentais, a semântica, morfossintaxe, fonologia e a pragmática. Neste sentido o terapeuta da fala intervém na reabilitação nesta área, avaliando os componentes afetados nas áreas linguísticas comprometidas.

Exemplos de diagnósticos clínicos: alterações de linguagem oral que possam ocorrer durante o desenvolvimento da criança ou após acidentes neurológicos como Acidente Vascular Cerebral (AVC), Traumatismos Crânio-Encefálico (TCE), entre outros...).

LINGUAGEM ESCRITA 

Este tipo de linguagem pretende um conhecimento das letras (grafema), que advém da conversão da linguagem oral para a linguagem escrita. O terapeuta da fala, tem um papel fundamental nesta área de intervenção, facilitando na transição deste tipo de linguagem. 

Exemplos de diagnósticos clínicos: Dificuldades de aprendizagem da leitura e da escrita.


ARTICULAÇÃO

A articulação pressupõe a produção oral dos sons (fonemas). Para que tal processo aconteça, é necessário que as estruturas e os músculos orofaciais estejam sãos.

Exemplos de diagnósticos clínicos: Alterações neurológicas como os Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC) ou os Traumatismos Crânio-Encefálicos, também pode ocorrer nos casos de imaturidade dos músculos orofaciais.


FLUÊNCIA

A fluência consiste na capacidade de encadear os sons da fala de uma forma continua, sem bloqueios, repetições, prolongamentos e pausas excessivas. O terapeuta da fala é um elemento crucial na aquisição de estratégias para facilitar uma melhor fluência da fala.

Exemplos de diagnósticos clínicos: Gaguez.

VOZ

A voz é um mecanismo fisiológico que permite a emissão do som durante a fala. Uma alteração das estruturas ou do movimento das pregas vocais, interfere com a qualidade vocal. O terapeuta da fala permite adquirir estratégias de prevenção da sintomatologia, na inibição dos mau usos e abusos vocais e na melhoria da saúde vocal.

Exemplos de diagnósticos clínicos: Nódulos, pólipos, mau uso ou abuso vocal.


DEGLUTIÇÃO

A deglutição é um ato de transição do bolo alimentar da boca até ao estômago, quando tal não acontece de uma forma correta, podem advir problemas de nutrição e de hidratação. O terapeuta da fala avalia e intervém na reabilitação e na melhoria neste ato alimentar, através de fortalecimento muscular e de estratégias que pode adquirir para facilitar este processo de deglutição.

Exemplos de diagnósticos clínicos: Disfagias.

MOTRICIDADE OROFACIAL

A motricidade orofacial, consiste na reabilitação dos órgãos necessários para a fala, bem como das respetivas dificuldades de sucção, mastigação, respiração e fala.






Terapia da Fala

O terapeuta da fala é o profissional de saúde responsável pela prevenção, avaliação, intervenção...

ler mais